Comunidad ENP

Sigue el mercado financiero

{keyword}

EURUSD pressionado a espera dos FOMC hoje., pelo Trader & Analista Marco Da Costa.

O euro começou esta terça-feira a perder um pouco o impulso comprador que vinha a desenvolver nas ultimas semanas logo de atingir o seu máximo de 2 anos nos 1,1710 face ao dólar americano no dia de ontem 25 de julho de 2017, e que o levo hoje a testar o seu nível mais baixo desde o passado 20 de julho nos 1,1610 sem perder esse suporte antes do pronunciamento da Reserva Federal Americana.

O índice dólar esta a subir no dia de hoje a espera do anuncio do FOMC com o Índice a atingir os 94,04 fazendo assim pressão em baixa ao EURUSD que neste momento permanece nos 1,1625, por cima da sua S1 mas com uma inclinação em baixa como podemos observar no período de tempo de M30 desde o seu máximo já mencionado, mas sem perder os mínimos claves do dia 20, tendo em conta a especulação que vamos ver hoje tendo em conta que os investidores e Traders esperam com cautela os anúncios da Yellen que será publico hoje as 18 horas de Lisboa, no qual pode dar mais detalhes sobre a politica monetária da FED face ao segundo semestre do ano e com a atenção máxima nas suas palavras para tentar saber quando começara a FED a reduzir o seu balance geral de 4,5 bilhões de dólares americanos.

A minha analise de hoje tem muito em conta o lado fundamental porque e um dia importante no que refere a dados, politicas e também ao entorno Trump tendo em conta os supostos vínculos da sua Administração com autoridades russas nas passadas eleições americanas; a novela Trump continua e prometer vir afetar os movimentos do EURUSD, pelo qual devemos estar sempre de olho posto nas novidades que chegam dos Estados Unidos.

No aspeto técnico do gráfico, podemos ver como o EURUSD continua com a sua figura em alta desde que conseguiu furar o teto dos 1,1580 da semana passada e assim deixar intacta essa figura de máximos maiores logo de estar um pouco comprometida essa figura ao testar o mínimo clave dos 1,1480 e aguentar esse suporte para ganhar impulso maior nesse mesmo dia 20 de julho e conseguir em velas compradoras consecutivas quebrar esse teto e subir ate os 1.1660 que lhe abriu as portas a esse novo máximo de 2017 que não se via a quase 2 anos (agosto 2015) e que continua a manter as hipóteses em altas do euro face ao dólar americano.

Tendo em conta que o euro se encontra entre o seu máximo anual e um suporte clave num dia fundamental como hoje, devemos vigiar com atenção os níveis de 1,1680 pela parte alta, e os 1,1610 pela parte baixa, tendo em conta que a perda do S1 pode levar ao EURUSD a perda psicológica dos 1,16 e testar por baixo os 1,1580 sem comprometer o seu canal em alta, mas afetando o seu ótimo desenvolver que vinha a descrever nos últimos dias.

Em base aos indicadores do par, devemos ter em conta que o RSI atingiu os 70 o dia de ontem, e desde esse momento tem vindo a funcionar com normalidade a sua queda ate níveis de RSI 40 neste momento com a sua inclinação em baixa, mas a recuperar do mínimo passado. Os níveis de volume podem vir aumentar quando comece a falar a Yellen e de novidades sobre a politica monetária da FED, pelo qual devemos ter atenção ao RSI, Volume e aos níveis de suportes e resistências com possíveis quebras em falso por especulação.

Para finalizar a minha analise técnica e fundamental do EURUSD, quero lhes deixar os níveis importantes de suportes e resistências a ter em conta no dia de hoje e para o resto da semana. Pela parte alta devemos estar muito atentos aos 1,1680 como R1 e resistência pronta a atingir se queremos ver o par subir novamente com liberdade aos 1,1710 e renovar novos máximos que só pode conseguir com uma quebra em alta dos 1,1710 que o levaria aos 1,1880 R3. Devemos ter em conta que os 1,1710 são um nível muito forte que não conseguiu superar em agosto-setembro de 2015 nem este ano 2017 logo de atingir esse valor. Uma quebra em alta forte pode levar o EURUSD aos 1,1880 como primeiro objetivo. Pela parte baixa, devemos vigiar de perto os 1,1610 S1 claves, tendo em conta que um furo em baixa faria cair ao euro ate os 1,1580 S2. Uma perda ampla e fundamentada desde valor S2, pode levar ao par mais transacionado do mundo a testar novamente os níveis de 1,1480 S3 como objetivo final em baixa e a vigiar de perto pela sua importância no que graficamente se refere ao EURUSD.

 

(8) vistas. Suscribete al blog y compartir en redes sociales

Postee su comentario

You must be Conectado como comentario del post.

Conectate a traves de:

Suscribete en Tiempo Real

Metatrader 4

TRABAJA CON NUESTRO BROKER


  • Patrocinadores